sexta-feira, abril 29, 2011

Síndrome Femoropatelar.

Síndrome femoropatelar.

É isto mesmo que está a passar-se comigo há cerca de 5 semanas. Tudo começou 2 semanas antes da Maratona de Roterdão. Durante a maratona felizmente não tive qualquer dor, pois a minha amiga Perskindol( pomada !) ajudou-me muito.
Pensei que depois passava, quando regressa-se aos treinos normais. Não passou, e tem-me acompanhado em cada treino que tenho feito. Alguns momentos com mais dor outros nem por isso.
Hoje resolvi consultar o meu fisitoterapeuta, e depois de uma análise e de um simples exame, constatou nos meus joelhos o síndrome femoropatelar.
Nunca eu tinha ouvido falar neste » palavrão », e eu que quando pratiquei Luta Greco Romana, tive muitos problemas com os joelhos nunca tinha tido isto.
Os tempos eram outros, eu tinha 18 a 20 anos de idade !!Agora com quase 52 anos, a coisa é diferente.

Felizmente posso continuar a treinar, com um esquema adaptado ( treino intervalado, sem ser intensivo)e também poderei participar nas próximas provas, 15 de Maio - ½ Maratona Leiden e 22 de Maio - Royal Ten em Haia, mas anda de « maluquices » no que respeita a bons tempos !!
Essas foram as boas notícias…mas pelo meio “muitos trabalhos de casa”, exercícios e exercícios e dentro de umas semanas poderá estar resolvido este síndrome femoropatelar.

Este é um dos vídeos que encontrei com os exerçícios:

Um comentário:

Vitor Veloso disse...

Olá Xavier,
As lesões é algo indesejável de qualquer atleta, temos que enfrenta-la como tal para poder recuperar bem. Tenha uma óptima recuperação, que esteja 100% para 2ª Maratona.
Forte abraço
Vitor